Os alimentos antioxidantes entraram na moda de algum tempo para cá. Por suas propriedades saudáveis e que podem retardar o envelhecimento, eles caíram no gosto de quem procura uma alimentação focada na saúde e na beleza. Porém, os benefícios dos alimentos com essas propriedades vão muito além. 

Para você que está buscando se alimentar melhor e quer saber mais sobre os antioxidantes, confira todas as dicas e informações que vamos compartilhar por aqui para saber exatamente quais são os alimentos que irão fornecer essas substâncias e garantir mais vitalidade. 

O que são os antioxidantes

Primeiramente, é importante entender como essas substâncias agem em nosso corpo.
O papel principal dos antioxidantes é o de proteger as células sadias do corpo contra a ação oxidante dos radicais livres.

  • Radicais livres são moléculas que são altamente instáveis. Elas estão sempre buscando atingir a estabilidade criando reações químicas com células vizinhas.
    Eles também são fundamentais para o corpo, porém, quando estão em excesso podem oxidar células saudáveis como proteínas e lipídeos. 


Por “atacarem” constantemente as células vizinhas causando essa oxidação, eles podem estar associados ao desenvolvimento de algumas doenças como diabete e hipertensão.

Por isso os antioxidantes são tão importantes na dieta equilibrada. Eles são capazes de regular a quantidade de radicais livres no organismo e reduzir o desequilíbrio entre seus níveis. 

Tipos de antioxidantes

Existem dois tipos deles:

  • Endógenos: enzimas produzidas naturalmente pelo organismo que desempenham funções antioxidantes, e que são influenciadas por fatores como alimentação, estresse e sono. Com o avançar da idade, essa produção endógena diminui.
  • Exógenos: vitaminas e sais minerais que vêm da dieta e que atuam como antioxidantes no organismo, sendo os principais as vitaminas A, C, E, os flavonóides, os carotenóides, o licopeno, o cobre, o zinco e o selênio.

Ao ter uma alimentação variada e rica em frutas, vegetais e alimentos integrais, é possível obter boas quantidades de antioxidantes exógenos, que irão ajudar a manter a saúde e prevenir o envelhecimento.

Como atuam no corpo

Resumidamente, os antioxidantes atuam doando o elétron que falta para os radicais livres, assim eles se tornam moléculas estáveis que não atingem as células ou outras moléculas importantes para o corpo.


Assim, eles contribuem para prevenir problemas como:

  • Envelhecimento
  • Doenças cardiovasculares;
  • Câncer;
  • Doença de Alzheimer;
  • Doenças pulmonares.

A dieta é uma importante fonte de antioxidantes, porém, quando feita de forma errada também pode influenciar para o aumento de radicais livres. Uma alimentação equilibrada fornece mais antioxidantes do que estimula a produção de radicais livres, contribuindo para a saúde e para o retardo do envelhecimento.

Sete alimentos com antioxidantes para inserir na sua alimentação

1- Açafrão (ou cúrcuma)

A especiaria é lotada de compostos com ação anti-inflamatória e anti-idade. A cúrcuma é a raiz e o açafrão é a cúrcuma torrada, em pó. Se for almoçar fora, leve um potinho com o tempero e salpique sobre o arroz com feijão.

2- Aveia

Fonte importante de silício, auxilia na estruturação da pele, minimizando o aspecto da celulite. Tem betaglucana, molécula que melhora a circulação sanguínea e dificulta a absorção da gordura pelo intestino. De quebra, ainda ajuda a eliminar toxinas. 

3- Azeite de oliva

Rico em gorduras monoinsaturadas, tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Dê preferência ao extravirgem, que tem taxa de acidez inferior a 1%. Consuma, no máximo, no máximo, 2 colheres de sopa por dia. 

4 – Frutas cítricas

Limão, lima-da-pérsia, laranja e goiaba contêm a poderosa vitamina C, além de bioflavonoides, que aumentam o tônus das veias, favorecendo a microcirculação 

5 – Frutas vermelhas

Morango e uvas vermelhas e roxas possuem protoantocianidina, substância que fortalece os vasos sanguíneos e linfáticos, melhorando a circulação. 

6 – Linhaça

Rica em ômega 3, antiinflamatório natural, auxilia na regulação hormonal. Também faz uma faxina interna, graças ao alto teor de fibras, contribuindo para evitar o acúmulo de impurezas que dificultam a irrigação e favorecem a celulite. Sugestão: leve de casa a linhaça triturada para salpicar sobre a salada, de preferência batida no liquidificador pouco antes de sair para o trabalho.  As sementes oxidam e perdem boas doses de ômega 3. 

7 – Peixes (salmão, atum, sardinha e arenque)

Ótimas fontes de ômega 3, gordura que também entra na tropa de choque contra a osteoporose. 

Gostou das nossas dicas de hoje? Aproveite para fazer uma reflexão sobre como anda sua alimentação diária. Cadastre-se na nossa newsletter para receber dicas e promoções em primeira mão. 

Powered by Rock Convert