Você já deve saber que a realização de exercícios físicos é extremamente benéfica para a saúde e para o bem-estar de uma pessoa, não é mesmo? No entanto, situações como o início da prática em academias, a mudança dos exercícios na ficha de treino e a prática em excesso podem causar dores musculares.

Por isso, vamos apresentar incríveis dicas de como cuidar desses incômodos geralmente associados ao pós-treino. Não se esqueça de que para assegurar a saúde e a qualidade de vida, é importante contar com a ajuda de um profissional, tanto para oferecer uma orientação em relação às atividades quanto para indicar o uso de qualquer medicação.

Está interessado? Então leia a publicação e saiba como tratar do problema!

Mantenha o corpo hidratado

Ao se tratar de recuperação muscular, é elementar que o corpo esteja sempre hidratado, já que as células musculares precisam de água. Por isso, o ideal é se hidratar bem ao longo de todo o dia e não somente durante a realização dos exercícios.

Isso permite que os processos biológicos, incluindo os sistemas imunológico e locomotor, funcionem adequadamente. Além disso, a ingestão de grandes quantidades de água possibilita que o organismo realize a lubrificação articular e remova as substâncias tóxicas que vêm do metabolismo, uma vez que os exercícios o deixam mais acelerado.

Faça compressas

Uma opção para diminuir os fluidos causadores de dor e contrair os músculos do corpo (amenizando as sensações desagradáveis) é realizar compressas nas regiões.

Capazes de promover o desaquecimento do corpo, episódios de massagens e compressas musculares com o auxílio de rolo de espuma ou uma bola de tênis, por exemplo, ainda auxiliam a mover as inflamações fora do músculo e retiram pontos de tensões.

Alongue-se

Ter uma leve e rápida sensação de relaxamento após uma sessão de treinos também pode contribuir para amenizar as dores musculares, além de ajudar na remoção do ácido lático dos músculos.

Para isso, faça alongamentos breves logo após as atividades e busque relaxar. Essa é uma maneira de evitar o enrijecimento muscular, já que os músculos estarão mais flexíveis e, consequentemente, terão menos possibilidade de lesionar.

Permita-se ter um descanso apropriado

Outro ponto fundamental para assegurar resultados satisfatórios com os exercícios físicos e, ao mesmo tempo, tratar as dores musculares é permitir que o corpo tenha um descanso apropriado e o tempo suficiente para se recuperar.

Ao realizar atividades físicas intensas, os músculos crescem e são submetidos a pequenos rasgos nas fibras. Entretanto, para que essas fibras se recuperem e para que haja novos vasos sanguíneos na região afetada, o tempo de recuperação é imprescindível. É válido mencionar que o tempo varia de acordo com cada sessão de treino e normalmente é determinado por um médico ou pelo profissional que se encontra na academia.

Controle a alimentação

Por fim, o controle da alimentação é mais uma situação que contribui com o tratamento das dores musculares depois de um treino.

Uma dieta equilibrada permite que você absorva, em quantidades suficientes, combustível e energia para reparar os músculos. Caso contrário, é comum sentir fraqueza, desânimo e sensação de esgotamento físico, em especial antes de iniciar um novo treino.

Uma alimentação controlada fornece à pessoa carboidratos, proteínas e gorduras boas para a recuperação do corpo, além de assegurar o equilíbrio dos hormônios, das articulações e dos resultados da prática das atividades.

Apesar das dietas variarem de acordo com as condições do paciente, arroz integral, quinoa, frango, shakes de proteína em pó, suplementos alimentares e frutas são boas opções.

Viu como tratar as dores musculares que aparecem depois de um treino? Então aproveite as nossas dicas e assegure um pós-treino com muito mais saúde e bem-estar.

Você já realizou outro procedimento que também ajudou a amenizar as dores? Deixe aqui nos comentários e complemente o post!

 

Powered by Rock Convert