Você já se imaginou treinando embaixadinhas? Pois é, para muitas pessoas esse exercício faz parte de um universo muito masculino, mas além de muito eficaz, treinar embaixadinhas ainda é uma atividade divertida para praticar durante essa fase de isolamento social. É também uma forma bacana de se exercitar em casa e ainda desafiar quem mora com você. 

Tem coisa melhor do que entrar em forma, se divertir e testar novas habilidades? O treino de embaixadinhas vai te oferecer uma série de benefícios que você nem imagina. Ainda não acredita? Confira todas as dicas que separamos e já garanta sua bola para começar a treinar hoje mesmo. 

Benefícios das embaixadinhas

Quando você um grupo jogando a famosa altinha na praia você também fica com vontade de ter aquela habilidade e se juntar com a galera? Pois bem, o treino de embaixadinhas vai te ajudar a não fazer feio no futebol com amigos e ainda por cima entrar em forma! 

Além do desestresse e da descontração que esse exercício oferece, ainda existem uns benefícios extras como: coordenação motora,  equilíbrio e controle da bola. O futebol é um esporte chave quando falamos sobre estímulo da capacidade motora. E as embaixadinhas podem ser grandes amigas na hora de estimular a sua. 

Para quem já joga bola, o equilíbrio é fundamental para reduzir lesões durante jogos e treinos. As embaixadinhas são ótimas para treinar esse equilíbrio, principalmente na hora de trocar um pé para o outro. E o mesmo serve para quem não está acostumado a jogar futebol mas quer se aventurar nessa arte. É sempre bacana testar novas habilidades, não é mesmo? 

O treino de embaixadinhas (ou de altinha, como preferir) também colaboram para melhorar a concentração. Afinal, é preciso estar bem concentrado para conseguir executar todos os movimentos, trocar os pés e não deixar a bola cair. 

Como começar a treinar

Para quem ainda tem pouco habilidade com a bola, algumas dicas podem te ajudar a começar a treinar.  Confira:

Segure a bola na frente do corpo

Uma boa forma de começar na arte das embaixadinhas é começar com a bola nas mãos. Segure a bola na frente do seu corpo, na altura do peito,  solte-a no chão e deixe pingar. Quando ela estiver retornando desse quique, chute novamente com seu pé dominante.

Deixe os joelhos levemente dobrados

Para manter a estabilidade e equilíbrio da bola, é importante é deixar os joelhos levemente dobrados. E, claro, ficar sempre de olho na bola. O segredo de ‘como fazer embaixadinhas’ é sempre reforçar o equilíbrio.

Atinja a altura da sua barriga

O objetivo é conseguir atingir a altura da sua barriga. Para isso é preciso treinar bastante.  A dica aqui é evitar inclinar-se ou ainda esticar o pé para conseguir alcançar a bola. Lembre-se de fazer o mesmo com o outro pé – o que pode ser difícil no começo mas muito necessário. Não desista!

Aumente o número de forma gradual

Vá aumentando o número sequencial de embaixadinhas a medida que for pegando mais intimidade com a bola. Faça contato com mais força para que ela ganhe altura e faça o exercícios repetidas vezes sem que a bola caia no chão. O segredo é persistir! 

No meio de toda essa “brincadeira” você vai perceber como vai suar e gastar energia aprendendo ou aperfeiçoando sua altinha. É um exercício que você pode tentar com toda a família, treinar e se divertir. Experimente e depois conta pra gente o que achou! 

Powered by Rock Convert